Total de visualizações de página

9 de dez de 2011

A MORTE!


Um nome forte para se designar Um Estado ou Estágio da Vida...

Alguns Sábios Afirmam Que A Morte Não Existe! Como Não Existe Se Vemos Cadáveres de Pessoas Que Morreram? E também Sabemos Que Muitas Vezes Pessoas Morrem Gritando Muito e Sofrendo Uma Dor Insuportável. Toda Dor Marca E Fica Gravada Em Nossa Mente.

Outra Coisa Que Sabemos é que A Sabedoria Popular Diz: Que Nada É Mais Certo Do Que A Morte... Pois  Todo Mundo Morre...

Porque Nos Dizem Que A Morte Não Existe? Justamente Porque Nossa Verdadeira Origem e Vida É Espiritual. Só Se Chega A Essa Conclusão, Quando Recebemos Instruções Espirituais, Quando Encontramos Nosso Anjo, Mestre, Mentores, Xamãs e Animal de Força, Seres Espirituais Encontrados Numa Fase de Nossa Vida.

Isso Acontece Quando Descobrimos Que A Materialidade Não É Tudo Em Nossa Vida, Quando Começamos A Buscar Algo Intitulado Essência - Deus - Amor Universal.

Na Vida Na Terra, Todos Nós Temos Uma Missão A Cumprir. Essa Missão Ganha Valor Quando É Feita Em Prol De Pessoas Que Realmente Necessitam, Precisam.

A Dita Morte Nada Mais É do Que Nosso Renascimento Para Outra Vida Envolvidos Em Mais Luz, Sabedoria e Amor. É Como Deveria Ser.

Nenhum Ser de Luz, Nos Conta Como É do Outro Lado, Dizem Para Esperarmos Quando Chegar Nosso Momento. Pois Cada Um Tem Seus Defeitos, Missão A Cumprir, Resgates de Karmas.

Dessa Forma, Iremos Compreendendo O Porque de Tantas Idas E Vindas A Terra Encarnado Na Matéria - Enquanto O Planeta Ainda For Um Lugar de Aprendizado E Espiação.

Os Egípcios Antigos Falavam Em Escribas de Duas Vidas, O Cristo Mencionou A Segunda Vida... Isto Porque Esse Ou Essa Segunda Vida É O Destino Que Deus Traçou Para Todos Que Irão Evoluir Na Vida Atual.

A Morte Deveria Ser Tranquila Para Todos, Mas Ainda Fazemos Muita Coisa Errada Nela. Por Isso, Pagamos Karmas ou Resgatamos Através do Sofrimento.

Compreender A Morte É Evoluir Para A Verdadeira Vida.

Muita Luz...
Ivaldo Fonseca.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário